Pouca gente ignora que os alimentos saudáveis são a principal fonte da saúde e, sabendo que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, ignorar quais deles podem blindar o coração seria no mínimo displicência. Além do mais, estudos já concluíram que a dieta é o fator mais relevante tanto na causa como na prevenção das doenças do coração.

Se gorduras saturadas, gorduras trans, sal e açúcar em excesso, fumo e sedentarismo colocam em risco o músculo cardíaco, outros alimentos tem a função de protegê-lo, afastando ou até mesmo eliminando o risco de um infarto ou derrame. As frutas, especialmente as cítricas, fortalecem e reparam lesões nos vasos sanguíneos, enquanto combatem os radicais livres. As vermelhas, são ricas em antocianinas, flavonoides que promovem a vasodilatação e inibem a agregação plaquetária, além da pectina, fibra que tem o poder de absorver colesterol e outras gorduras da refeição.  

Nosso coração também se beneficia enormemente com a gordura monoinsaturada, encontrada nas sementes oleaginosas, azeitonas e abacate. Esta gordura do bem estimula o aumento do HDL, o bom colesterol, garantindo a saúde cardíaca. Grãos que dão em vagens como feijões, ervilhas, lentilhas, soja e grão de bico também são ótimas fontes de fibras solúveis, formidáveis auxiliares no controle de absorção das gorduras.

Os peixes de águas geladas como salmão, bacalhau, atum, arenque e até mesmo a popular sardinha oferecem o ácido graxo ômega 3 que atua reduzindo a concentração do LDL, o mau colesterol. Além disso, acrescenta o efeito anti-inflamatório, reduzindo consideravelmente o risco de ataques cardíacos.

E para completar o cerco à classe das doenças campeãs em óbitos, só falta botar o pé na estrada. Sim, os exercícios físicos estimulam a produção de óxido nítrico, aumentando a elasticidade das artérias. Dê mais atenção ao cardápio, mexa o corpo e garanta vida longa ao amigo do peito!

 

Com carinho,

Sheila Castro – Nutricionista

NAIS/VIVER BEM

sheila.castro@unimedsjc.coop.br

Publicações

Navegue nas páginas internas dessa sessão