É difícil resistir a um chocolate, especialmente nos momentos em que a fome aperta e precisamos de afeto. E se ele for oferecido em embalagem atraente e vier de um amigo querido, então não há como escapar. O ritual de comer chocolate começa na boca, quando a língua percebe seu toque aveludado e incrivelmente macio, identificando a partir de então, o sabor marcante e o odor incomparável que se espalham, invadindo as vias aéreas e dando-nos uma sensação de puro prazer. Há pessoas que precisam fechar os olhos, para evitar distrações de qualquer natureza, mantendo o foco na porção de chocolate que acabaram de colocar na boca, dando-se o direito de usufruir de todas as delícias que este alimento oferece. Outras, o comem escondido, ou se levantam à noite, para não serem incomodadas enquanto se dedicam à doce tarefa de comer chocolate.

Algumas pessoas tem receio de se render ao chocolate, como se ele pudesse oferecer algum risco à saúde. Alimento sabidamente rico em gordura, ele pode, de fato, contribuir para o aumento de peso, mas somente se for ingerido em grandes quantidades. Ao contrário, ele é um aliado da boa saúde e pode contribuir para a prevenção de várias doenças. Produzido a partir do cacau, é rico em polifenóis, substâncias antioxidantes que auxiliam no controle do LDL, o chamado mau colesterol e reduzem a chance da ocorrência de doenças inflamatórias. Seu consumo regular também pode ajudar a manter a boa elasticidade das artérias, contribuindo para o controle da hipertensão e doenças cardiovasculares.

Cuidados simples podem garantir um consumo regular de chocolate que traga benefícios à saúde e, o primeiro deles, é em relação ao tipo escolhido. O chocolate ao leite, embora seja o mais consumido no Brasil, é muito rico em açúcar e também torna-se impróprio para pessoas intolerantes à lactose. O chocolate branco não contém cacau, somente a manteiga dele e assim não seria também uma boa escolha. O melhor tipo acaba sendo o amargo ou o meio amargo, mais ricos em cacau e sem adição de leite. Em relação à quantidade, se o desejo é consumir chocolate diariamente, um daqueles quadradinhos da barra já é o suficiente para matar o desejo, sem o risco de aumento de peso.

Páscoa é sinônimo de alegria, vida nova e por que não de chocolate? Comemore a sua Páscoa da melhor forma, com as pessoas que mais gosta, e não abra mão do chocolate. Ele vai dar ainda mais alegria à sua festa, enquanto trata o seu coração para muitos outros agradáveis momentos da vida.

 

Com carinho,

Sheila Castro – Nutricionista

NAIS/VIVER BEM

sheila.castro@unimedsjc.coop.br

Publicações

Navegue nas páginas internas dessa sessão