As coisas têm o valor que damos a elas. Para valer a pena, alguns acreditam que à vida é indispensável o conforto. Para outros, a simples chance de viver já basta. Enquanto uns passam metade da vida brigando e negociando um ou dois degraus acima na escala social, outros aproveitam tudo o que a vida oferece gratuitamente, e assim, as escolhas vão definindo e dando forma à vida dos seres humanos.

Se queremos viver muito, precisamos de algumas garantias, para não sermos surpreendidos por doenças oportunistas que podem comprometer a qualidade e a manutenção da vida. De que adiantaria alcançar a longevidade, se for necessário ficar ligado a máquinas, para que todas as funções orgânicas continuem preservadas?

Podemos investir em saúde desde muito cedo, antes mesmo do nascimento. Uma gestação bem acompanhada, que dê à mulher condições de gerar um filho forte e saudável já é um começo, ao qual todos deveriam ter direito. Após o nascimento, inicia-se o período que de fato determinará em grande parte a saúde do adulto e nesse momento, devem-se estabelecer na nova família os valores que nortearão as condutas de cada pessoa que dela faz parte, e por isso, a valorização da alimentação saudável deve adquirir a maior importância, pois os hábitos criados na infância serão a base das nossas escolhas durante toda a vida.

Precisamos de uma alimentação natural, a nossa evolução determinou que assim fosse, e a falta de tempo não justifica qualquer outra conduta. Nas últimas décadas, nosso corpo tem feito o que pode para dar conta da insuportável carga química que vem recebendo por meio dos produtos industrializados, mas muitas vezes perde a batalha, e a morte acaba levando cedo demais quem ainda poderia estar conosco. Sim, os conservantes, corantes, aromatizantes, adoçantes artificiais e gorduras quimicamente processadas envenenam o sangue e abreviam a vida e por este motivo devem ser banidas do cardápio. Diga não aos refrigerantes, sucos em vidros ou caixinhas, embutidos e alimentos processados e já estará eliminando boa parte dessas substâncias da sua vida. Coma mais frutas, verduras, legumes, grãos integrais, carnes e laticínios magros e vai observar uma grande diferença em pouco tempo. A vida sempre é um dom, mas a vida com saúde pode ser maravilhosa!

 

Com carinho,

Sheila Castro – Nutricionista

NAIS/VIVER BEM

sheila.castro@unimedsjc.coop.br

Publicações

Navegue nas páginas internas dessa sessão