Devido a rotina agitada e o estresse do dia a dia, muitas pessoas estão deixando de comer melhor tanto em qualidade quanto em quantidade, abusando de comidas como FAST FOODS (ricas em gorduras e açúcares), sendo assim acarretando várias doenças como a Doença Refluxo Gastro-Esofágico. 

Segundo Ministério da Saúde DRGE é o retorno involuntário e repetitivo do conteúdo
do estômago para o esôfago.

Nos últimos 10 anos a incidência da DRGE vem aumento junto com os maus hábitos
alimentares e obesidade.

Um estudo realizado pelo Datafolha Instituto de Pesquisas e pela Federação Brasileira de Gastroenterologia, aponta que mais de 12% dos brasileiros, ou seja, cerca de 22 milhões de pessoas sofrem com a doença.

E como podemos tratá-la?

Primeiramente, após o diagnóstico dado pelo médico, deve-se seguir alimentação adequada, como:

EVITAR:

• Café (principalmente alimentos com cafeína como: refrigerantes, sucos artificiais, balas de goma, bala de menta);

• Alimentos que contem a TEOBROMINA, encontrados no chocolate escuro;

• Alimentos que contem XANTINAS como: folhas de chá, café, refrigerantes e bebida alcoólica;

• Não tomar líquidos junto às refeições; • Não ficar em jejum por mais de 3hs;

• Fazer as refeições em menor volume e 6x ao dia sempre a cada 3hs.

Quer mais dicas? Marque uma nutricionista!

Te Aguardo,


Raíssa Borges - CRN 322204

Publicações

Navegue nas páginas internas dessa sessão